Via Stencil, a primeira ciclovia pirata de Portugal

Em 2009 a Cooperativa POST, da qual fazemos parte, produziu a primeira edição do Bicycle Film Festival de Lisboa – um evento inteiramente dedicado à cultura a pedal.

À data, foi apresentado um filme português anónimo denominado “Via Stencil”, sobre a produção da primeira ciclovia pirata em Portugal, e viria a fazer parte do repertório internacional da cultural da bicicleta. Esta ciclovia ilegal foi pintada em stencil entre as Portas de Benfica e o Centro Comercial Fonte Nova – num total de 4km – ainda a mobilidade em bicicleta era um conceito distante e limitado a poucos utilizadores das duas rodas.

As autoridades deixaram as marcas no chão, uma vez que coincidiram ambiguamente com o lançamento do projecto “Benfica em Bicicleta”, acabando por promover e fomentar a iniciativa de forma indirecta mas eficaz. As marcas desvaneceram-se com o tempo, mas mais tarde outras oficiais acabariam por aparecer na Av. Gomes Pereira e arredores.

O filme foi entretanto colocado online, e esquecido ao longo dos anos.

A recente ocorrência activista com semelhantes contornos na Av. Guerra Junqueiro – que trouxe eficientemente para debate público a melhor solução para um contra sentido ciclável entre a Av. Almirante Reis e a Av. Roma (Pç. de Londres), recordou-nos o que há quase uma década outro grupo corajoso – e ainda mais descontextualizado face ao panorama da bicicleta na cidade – teria sido pioneiro no “vandalismo com fins de sensibilização” para uma melhor realidade, se bem que por meios “ilegais” (vandalismo pressupõe dano permanente, e uma pintura no chão com tinta de fraca qualidade não o será).

O filme pode ser visionado a 480 pixel. Se os autores nos lerem e quiserem enviar uma versão com melhor qualidade, prometemos que voltaremos ao tema. Para já, é o que temos – e é muito bom!