Características

Dotada de um quadro de aço (com ou sem componentes em titânio) e suspensão traseira, é tão leve e resistente quanto confortável. O seu peso poderá variar entre os 9 e os 12,5Kg, dependendo das inúmeras configurações. As rodas de 16″ tornam-na muito manobrável em todas as situações. A dobragem é simples e em menos de 10 segundos a bicicleta fica apenas com 585mm x 565mm x 270mm, facilmente transportável.

As velocidades (ou mudanças) de uma Brompton distribuem-se conforme a tabela abaixo:

Tabela de velocidades da Brompton

Tabela de velocidades da Brompton

As principais configurações incluem três guiadores à escolha para a utilização em diversas posições de utilização e até 6 velocidades, com rácio até 302% que permite fazer subidas íngremes ou descidas acentuadas. Os pneus em kevlar têm uma pressão mínima de 6 bar, evitando furos e prevenindo danos aos aros.

Possui travões de duplo pivôt, muito eficientes mesmo em chuva ou lama, distância entre eixos de 1045mm, permitindo uma condução confortável e prática, igual às bicicletas convencionais de roda maior, uma suspensão traseira que aumenta o conforto sem comprometer a eficiência da pedalada.

Segurança

A Brompton foi desenhada para resistir a cargas que não excedam os 110Kg de peso para o utilizador mais 20Kg de carga, e para uso em estradas e caminhos suaves. Não foi concebida para terrenos acidentados ou cargas superiores, que podem sobrecarregar o quadro:

  • Leia atentamente o manual de instruções e as condições de garantia;
  • Não altere a altura do pilar do guiador;
  • Confirme que os parafusos de aperto estão bem apertados, mas não excessivamente;
  • Tal como com qualquer bicicleta, tenha atenção a pisos molhados ou arenosos. Piso metálico molhado e carris de eléctrico são particularmente perigosos;
  • Utilize sempre iluminação à noite e, se possível, durante o dia;
  • Não utilize outros sacos para o modelo S além do S Bag;
  • Não existem travões nos punhos inferiores das bicicletas com guiador P;
  • Alguns componentes da Brompton são feitos em alumínio, tal como os pratos dos parafusos de aperto, o guiador e a corrente, pelo que deverão ser substituídos, no máximo, a cada 8.000km. Num modelo M, poderá em alternativa colocar uma barra horizontal, disponível nas Peças;
  • Assegure o bom estado dos travões (nomeadamente as condições dos calços e a tensão dos cabos), a ausência de folgas nos cubos das rodas, na caixa da direcção,  no movimento pedaleiro e nos pedais;
  • Confirme que as mudanças estão afinadas;
  • Verifique se o selim e o espigão não se movem com o aperto fechado;
  • Em caso de queda desloque-se ao Bike.POP para assegurar que não há danos ou fissuras não visíveis nos componentes;
  • Faça manutenções regulares e respeite o período para a primeira manutenção gratuita.

Conheça um pouco mais da marca e leia a história da Brompton.

brompton_librairy_11