III Campeonato Nacional Brompton Portugal

O céu ameaçava, desde há alguns dias, cair sob a forma de chuva em cima dos participantes do III Campeonato Nacional Brompton Portugal, e durante as inscrições decidiu mesmo tentar converter a clássica corrida numa prova de natação.

Apesar das previsões meteorológicas mais pessimistas, cerca de 45 entusiastas decidiram participar na prova, mentalizando-se corajosamente para calçada escorregadia, curvas traiçoeiras, rampas como que barradas em manteiga e poças de água que facilmente poderiam submergir uma Brompton.

A surpresa viria apenas meia hora após o início das inscrições, quando o Sol – após uma forte e assustadora tromba de água – decidiu irromper pelas nuvens escuras e viria a secar, em tempo recorde, a maior parte do percurso da corrida, mantendo-se assim ao longo do dia e tornando os Jardins de Belém numa autêntica estufa tropical, quente e húmida.

Antes da clássica partida estilo Le Mans, foi feita por precaução uma volta de teste por todos os participantes, permitindo habituarem-se à aderência do piso e aos normais obstáculos existentes por se tratar de um jardim monumental.

A partida propriamente dita foi clássica e entusiasmante, vendo os participantes dirigirem-se às suas bicicletas, montando-as para uma corrida que veria o número de voltas actualizada para 7, com um percurso de 1,66 km, num total de cerca de 12 km.

Os primeiros participantes masculinos a cortar a meta foram o vencedor António Duarte, seguido de Tiago Fonseca (Ciclonatur) e Mike Rolph (Brompton UK). Os femininos foram encabeçados pela italiana Susana Milani seguida de Maria Coimbra e Ana Santos (Brompton Minha). Os Veteranos mostraram-se em forma, tendo sido o mais rápido Luís Carvalho e a mais rápida Ana Santos, ambos da equipa Brompton Minha. Esta equipa viria a ganhar também na categoria de equipas. Como sempre existem dois prémios de Indumentária e, para o senhor, o britânico Roger Stocker foi o galardoado, enquanto a senhora foi a Maria Coimbra. O concurso de dobragem teve numerosas inscrições, mas o mais rápido foi mesmo Ricardo Macedo, com uma guitarra às costas, não fosse o músico presente no evento.

Por diversas razões o local e o percurso foram ligeiramente modificados, no que se viria a revelar uma melhoria significativa de condições para as actividades, tendas de parceiros e o próprio Campeonato.

Pela tarde realizaram-se actividades e jogos diversos, ao som do músico Anxious Myopic Boy.

No final ficou a experiência única de percorrer, em indumentária formal, o belíssimo jardim e o mais impressionante cenário envolvente, com actividades diversas que iriam criar o ambiente perfeito para a confraternização.

Categoria Masculina / Gentlemen
Clas. Dors. Nome Equipa Tempo Dif.
1 41 António Duarte 26:26,2
2 17 Tiago Fonseca 27:14,5 00:48,3
3 16 Mike Rolph 27:44,5 01:18,3
Categoria Feminina / Ladies
Clas. Dors. Nome Equipa Tempo Dif.
1 47 Susana Milani 29:56,8
2 27 Maria Coimbra 31:47,6 01:50,8
3 9 Ana Santos Brompton Minha 34:18,7 04:21,9
Categoria Veteranos Masculinos / Veterans Gentlemen
Clas. Dors. Nome Equipa Tempo Dif.
1 10 Luís Carvalho Brompton Minha 27:56,8
Categoria Veteranos Femininos / Veterans Ladies
Clas. Dors. Nome Equipa Tempo Dif.
1 9 Ana Santos Brompton Minha 34:18,7
Equipas (soma 3 melhores tempos) / Teams (sum 3 best times)
Clas. Dors. Nome Equipa Tempo Tempo Eq.
1 10 Luís Carvalho Brompton Minha 27:56,8 01:27:56,4
12 Eliseu Almeida 28:59,6
13 Ricardo Cruz 31:00,0
9 Ana Santos 34:18,7
11 Elisa Canário 38:09,8
Mais Bem Vestido / Best Dressed Gentlemen
Roger Stocker
Mais Bem Vestida / Best Dressed Ladies
Maria Coimbra

Dobragem / Folding Contest
Clas.   Nome   Tempo
1 Ricardo Macedo 8,99